LYRICS.AZ APPLICATION

Download from Apple Store
Download from Google Play

Pública - Último andar lyrics

Meus sonhos voaram do décimo andar
Tão altos que eu nem percebi
Tão altos que eu não poderia notar
Que havia algo estranho aqui

(Refrão)
Me mata por algo em que crê
Me olha mas finge não ver
Me cega mas quer me mostrar
As coisas mais lindas que faz
Vive chorando porque
Vê tudo o que sonha morrer
Não sabe mais como explicar
O pouco que resta de paz
[Lyrics from: https:/lyrics.az/publica/como-num-filme-sem-um-fim/ultimo-andar.html]

Meus pés tropeçaram no último andar
Tão cegos que eu nem percebi
Tão cegos que eu não poderia notar
Que havia algo estranho aqui

(Refrão)

Algo em que crê
Finge não ver
Quer me matar
Lindas que faz
Chorando porque
Sonha morrer
Quer me matar

Correct these Lyrics