LYRICS.AZ APPLICATION

Download from Apple Store
Download from Google Play

Duarte - TheFakeCypher lyrics

[Verso 1: Mol]
Às vezes me pergunto se realmente sou daqui
Eu sou d'A Firma, eu tô tranquilo, eu tô no meu lugar
E vou te dizer que eu tô gostando mais a**im
Fazendo muito pra não ter mais tempo pra falar
Trabalhando em negócios onde a aposta é mais alta
O game é mais complicado (ham)
Não entendo esses negócio
Mas to com os melhores da mesa
E nem um pouco preocupado (yo)
Prosperidade pros nossos
Um pa**ado amargurado pra um futuro regado (ham)
All-in zerei os seus jogos
E quem não cumpre com a aposta vira proposta
De mais um exemplo errado

[Verso 2: Duarte]
Muitos falaram Duarte não vai, vai, vai, pega a visão
Tamo no campo de front, deixa eles brotar que vai voltar com a cara tonto
Depois do tombo, sente esse tambor
Vamo que faz tempo que eu tô pronto
Se o jogo é sujo A Firma é imunda, filha da--
Deixa que dessas puta o diabo cuida
Chama pra série de boombap e deixa que eu mermo faço o rap
Mate ou morra pelo corre antes que ele te mate chefe

[Verso 3: Fit]
Mermo sem grana eu tô gastando, mano, o que eu não tenho
Ando chapadão em casa, deitado, vendo desenho
E rápido não me contenho, se o ritmo é esse eu mantenho
A Firma é forte no porte dos malote que é pra mostrar porquê eu venho
No boombap eu faço a track, garanto o desempenho
Obtenho sua atenção e por fim te entretenho
[Lyrics from: https:/lyrics.az/duarte/-/thefakecypher.html]
Meu bonde é o mais chato do flow
Cola na casa pra a**istir o show
Tomando de a**alto, joga a mão pro alto
Que eu roubei a cena e ninguém me pegou, pow

[Verso 4: Colt]
Na calada da noite morcego voa nas zonas
Pa-lhaços fazendo ronda nas sombras
Estilhaços percorrendo a babilônia
Novos, velhos, sem ideias ton-tas
Tonto de teto no tapete do Alladin, né?
Pesou e não pôde voar
Só quem tem pouco desejo mais din e fé
E essa lâmpada ilumina
Sem cópia das copla
A Firma, Autóctone, Alóctone, faça as apostas
n***a lá clone, senta no poney
Na raça com peixes e onças
Colt no fone vingando o nome, taça e não queixe responsas
To pelos meus, foda-se os seus e quando eu ver Deus acerto minhas contas

[Verso 5: Mozart-MZ]
Nesse tambor de cinco tiros, brow, ainda tem uma bala
É tanta merda que eu nem miro, tira as crianças da sala
Eu falo de droga, eu falo do crime
Eu falo de puta, eu falo do time
Que brinca na bronca da banca do rap
Escuta os moleque e larga esse Thinner
Solta a garrafa, tá queimando o filme
Dança esquisita, explica pra mim?
Tem uma boca na sua nuca e tu tá mastigando a**im
Mas o que que foi? O que que tem?
Mais atentado que a França
Mano, avisa pras piranhas que A Firma é a vizinhança

Correct these Lyrics